"É preciso que todos os homens permaneçam seres humanos durante todo o tempo em que estiverem vivos." Simone de Beauvoir

2 de set de 2014

Lesões de ombro em idosos

Uma das principais causas de procura de idosos em consultórios de Fisioterapia é a dor no ombro. Essa dor no ombro muitas vezes está associada à restrição de movimentos e à falta de força, o que influi diretamente em suas atividades de vida diária.
Existem algumas doenças que são mais frequentes no ombro do idoso. Dentre elas, podemos citar: 
  • artrose gleno-umeral, que ocorre entre o braço (úmero) e o ombro (glenóide); 
  • artrose acrômio-clavicular, que ocorre entre a clavícula e o ombro (acrômio); 
  • lesão do manguito rotator, que é um conjunto de tendões dos músculos responsáveis pela elevação do braço acima da cabeça, principalmente.
As artroses glenoumeral e acrômio-clavicular correspondem a um processo de degeneração da cartilagem, que é uma estrutura que evita o contato entre os ossos nos movimentos. Eles chegam na fisioterapia com dor no ombro aos movimentos do braço, sobretudo na elevação acima da cabeça. A dor pode irradiar para outras estruturas, como face lateral do braço, pescoço e até para a região do ouvido. O paciente com artrose também pode ter limitação dos movimentos e sentir "estalos" no ombro, devido ao contato entre os ossos.
A lesão do manguito rotator pode ser devido a um trauma agudo ou aparecer gradualmente devido a um processo de degeneração tendinosa e muscular e é mais comum em pessoas que apresentam o acrômio "ganchoso", que é um osso que fica logo acima do manguito, podendo causar impacto. Um raio-x pode ajudar o fisioterapeuta na detecção desse tipo de acrômio. O paciente pode ter dor no ombro inclusive à noite, que irradia para face lateral do braço. Também pode apresentar perda da elevação e rotação do braço, além de atrofia muscular. 
As artroses e a lesão do manguito rotator têm uma boa melhora com o início da Fisioterapia, que deve ter como objetivo a diminuição do quadro álgico e a recuperação funcional da região. 

Fonte:  

Nenhum comentário:

Postar um comentário