"É preciso que todos os homens permaneçam seres humanos durante todo o tempo em que estiverem vivos." Simone de Beauvoir

13 de mai de 2014

Pesquisa visa reduzir riscos de acidente de idosos dentro de casa

Uma matéria divulgada recentemente pelo Jornal Nacional, mostrou uma pesquisa do Instituto Nacional de Tecnologia que vai montar um banco de dados com as medidas corporais de idosos brasileiros. O objetivo é melhorar a qualidade de vida dessa população e reduzir o risco de acidente dentro de casa.
O Instituto Nacional de Tecnologia, o INT, pretende criar uma base de dados do corpo humano, especificamente da população idosa do país. Um estudo pioneiro no mundo, feito com a captura de imagens de postura e movimentos.
O objetivo é que poltronas, camas e armários, por exemplo, possam ser readaptados para facilitar o dia-a-dia de quem já passou dos 60.
“Melhorar a qualidade de vida do idoso, evitando acidentes domésticos que são acidentes que às vezes incapacitam uma pessoa ou afastam do convívio social que ela tem”, explica Cristina Zamberlan, do laboratório de Ergonomia do INT.
As pesquisas do INT não se limitam ao laboratório. Os pesquisadores também vão a campo, para coletar dados em situações reais.
Os sensores capturam todos os movimentos realizados pelos idosos em suas atividades de vida diária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário